Chá mágico que muda de cor!

Cadê os entusiastas de chá? Ou pelo menos quem acha café superestimado? Sorry not sorry, não tomo muito café puro. Acelera meu coração, me deixa enjoada, coisa minha mesmo, sabe? O problema de chá é que dá preguiça fazer, daí no fim eu acabo não tomando nenhum dos dois¯\_(ツ)_/¯ Mas aí surgem vídeos lindões iguais…

Torrada arco-íris

Esses dias, postei lá no Instagram um macarrão-colorido-arco-íris-unicórnio que além de lindão é saudável e foi um sucesso. Sempre lembrando que sucesso é relativo, é claro. Então resolvi pesquisar mais comidinhas instagramáveis que não fossem um poço de corante artificial, que só de pensar já dá um amargor na garganta (Deus me dibre!). E não é…

Theo’s: delivery de hot dog!

Há um ano atrás, o Richard adotou o Theobaldo, um vira latinha muito amor que virou a vida dele de cabeça pra baixo. Cansado da massacrante rotina corporativa, o Richard quis um ambiente de trabalho mais saudável, onde pudesse passar mais tempo com o catioro e ser produtivo, surgiu a ideia de um delivery de…

Mobília de ~lanches~

In brazilian portuguese you don’t say I love you. You say “te pago um lanche” which means endless love and I think that’s beautiful. Existe algo melhor que lanches? Tá, pizza. Mas pizza não se enquadra na categoria ~lanches~? Estol confoosa. Anyway. Com a primavera – aka temporada de piqueniques – chegando, como faz com…

Colher de Baunilha – Um Manifesto Doce!

Eu AMO cookie. Amo, amo, amo, amo, amo! Cookie pra mim é tipo pizza, até quando é ruim, é bom! Sério, se eu pintasse o cabelo de azul, seria o Cookie Monster for sure. E assim começamos a história da Colher de Baunilha, com a Alê, economista por formação, que saiu de um trabalho no…

Peanut Butter time!

Quantas vezes você já assistiu filmes/séries americanos em que o lanchinho deles envolve pasta de amendoim? Milhares, né? E por que raios isso ainda não faz parte do nosso dia a dia? Pasta de amendoim é fonte de energia e gorduras boas, ótimo pra quem faz dieta ou se joga na academia, mata a fome…

Resenha – La Churreria

Lá por volta de 2013, quando eu ainda estudava mixologia e tinha pique (e coragem) para sair de casa todos os dias, um lugarzinho com fachada fofa e nome autoexplicativo bem ao lado do meu curso chamou a minha atenção. Churros. Apenas churros e nada mais. Sem firulas, sem enrolação. Churros. Três anos e algumas…